Partiu Triller? Nova rede que brigará com TikTok

Triller-VT

Partiu Triller? Com o banimento do TikTok nos Estados Unidos, a rede social de vídeo que ganha força é o Triller.

Algumas celebridades internacionais já se despediram dos fãs na rede e migraram a fim de iniciar todo aquele processo inicial de seguidores, conteúdo e relevância.

O próprio Donald Trump, que nunca teve uma conta na rede chinesa (TikTok), abriu uma no Triller, onde já reúne quase um milhão de seguidores.

 

Conheça o Triller

Triller é uma rede social americana de criação de vídeos desenvolvida pela Proxima Media. Muito similar ao TikTok.

Até o momento não tem funcionalidade desktop, funcionando apenas mobile para IOS e Android.

Ele já possui cerca de 1,1 milhão de pessoas ativas – Fique atento!

Em agosto de 2020, o Triller anunciou que o aplicativo já teve mais de 250 milhões de downloads.

 

E no Brasil?

Como nós brasileiro seguimos fervorosamente as tendências americanas, não duvido que em breve ganhe mercado por aqui.

Alguns astros brasileiros como Neymar Jr. e Anitta, já aderiram à rede.

Inclusive, Neymar está convidando seus fãs para se juntarem a ele na plataforma Triller. “Em um vídeo surpresa, publicado nesta quarta-feira (18) Neymar Jr apareceu com o ícone global Marshmello, anunciando sua mudança de plataforma. O atleta atraiu mais de 8 milhões de seguidores no TikTok, mas Neymar deixará a plataforma por completo e pedirá para que os fãs façam o mesmo. Como embaixador do Triller, Neymar postará conteúdos novos e empolgantes exclusivamente no Triller, trazendo seus 143M de seguidores do Instagram ao aplicativo Triller.” Por NR Sports.

Veja o vídeo do anúncio feito por Neymar Jr nas suas redes sociais:


 

Eu também já estou por lá, e você? @VTADDONE – Me segue lá?

 

Primeiro Print do VTaddone no Triller

 

E agora, TikTok?

Não creio que o TikTok vai perder relevância por aqui, mas é óbvio que no cenário mundial sim.

A palavra aqui é confiança. Nos Estados Unidos, alguns usuários relataram perda de curtidas e engajamento após pronunciamento do governo americano. Mas isso é o de menos, perto de quando Trump acusou o TikTok de fornecer dados de usuários ao governo chinês. Por outro lado, a empresa chinesa se defendeu dizendo que o App “é de propriedade de investidores globais e possui uma equipe de gerenciamento baseada em todo o mundo nos mercados em que o aplicativo está disponível.”

Portanto, no Brasil segue a vida com Instagram, TikTok e agora Triller.

 

Fiquemos de olho nas marcas. Afinal de contas, onde circulam pessoas, as marcas devem entrar para anunciar. Fica aqui então mais uma oportunidade aos gestores de mídias sociais e agências de Marketing Digital.

 

Até o próximo post!